Amsterdã

Em julho desse ano viajei novamente para a Europa e conheci pela primeira vez Amsterdã, cidade pela qual me apaixonei! Ela é linda, super charmosa, com construções maravilhosas, cheia de História, entre tantas outras boas características. Me surpreendi com a população local, simpática e linda demais – juro que não vi uma pessoa feia lá! Diferente dos moradores de outros lugares que já conheci fora do Brasil, os holandeses são muito, muito simpáticos! Do tipo bem-humorado, de fazer piada e tudo mais. E muitos falam inglês, então dá pra se comunicar facilmente por lá. Foi, sem dúvida, amor à primeira vista!

DSC_0896

Entre tantas coisas lindas e legais, o que chama a atenção na cidade, definitivamente, são as (inúmeras) bicicletas. Todo mundo na cidade anda de bicicleta (mesmo), e existe até a opção de fazer um tour pela cidade com elas, ao invés dos tradicionais ônibus. Infelizmente a pessoa que vos escreve não sabe andar de bicicleta (shame on me!), então não pude aproveitar mais. Mas dá pra fazer o tour de barco, passeando pelos canais. Fiz esse e gostei bastante! Bom para ver a cidade de um outro ângulo!

DSC_1009

DSC_1156

Mesmo pra quem não sabe ou não gosta de andar com as magrelas pode se locomover muito fácil com o “bonde”. Não sei o termo certo em português, mas é muito parecido com o Strassbahn de outras cidades da Europa.

P1030929

A cidade oferece uma série de atrações, desde as mais tradicionais, como museus e parques, até as mais ousadas, como o Red Light District. Fui a dois museus lindos e recomendo, o Van Gogh Museum e o Rijksmuseum (esse só de pintura holandesa – Vermeer, Bosch, Rembrandt, entre vários outros). Sendo sincera, achei o Rijksmuseum muito pesado. As pinturas são mais pesadas, com cores escuras demais. Mas mesmo assim gostei. É sempre bom conhecer coisas novas.

DSC_1046

DSC_0050

Outro lugar que valeu a pena ter ido foi o Mercado das Flores. É relativamente pequeno, mas com uma flor mais linda que a outra!

DSC_1096

Mesmo assim, não consegui ver as tradicionais tulipas. Só dá para ver até o dia 21 de maio, e o mais perto que cheuguei delas foi isso:

DSC_1123

Dica para quem vai: é sempre bom levar um casaco mais quentinho quando for visitar a cidade. Fui no verão de lá e passei um sufoco com o frio! Mais que o inverno do Rio de Janeiro, fora o vento absurdo!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s